Gotículas: Professores 13,01% de reajuste em Anápolis
Matéria publicada em 04/05/2015, às 15:05:41

Ver mais de Edição Janeiro/Fevereiro 2015 Nº 130 - Brasil, o país dos raios em 2015

Ver outras Edições

Amor, sexualidade e espiritualidade
Católicos e evangélicos sob o mesmo teto
CDL Anápolis tem nova diretoria
ACIA comemora 79º aniversário
ACIA comemora 79º aniversário
ACIA comemora 79º aniversário

Após o envio de Projeto de Lei de reajuste salarial dos professores da rede municipal de ensino à Câmara Municipal de Anápolis, foi aprovado no dia 27/01, o incremento de 13,01% no vencimento base do magistério público municipal da educação, estabelecido pelo governo federal. Com isso, a Prefeitura de Anápolis garante os direitos da classe, repassando o aumento já na folha de janeiro.
Segundo a Secretaria Municipal de Educação, o piso salarial dos professores anapolinos corresponde ao determinado pelo Ministério da Educação e está acima da média de muitas cidades brasileiras, demonstrando atenção aos direitos da categoria. Até o fim de 2014, por 40 horas trabalhadas, o salário do professor era R$1.697,00. Com o reajuste vai para R$ 1.917,78.


Amor, sexualidade e espiritualidade
Nós seres humanos precisamos compreender que a união entre duas pessoas deve passar primeiro pela União do Espírito e isso só acontece quando há contato com o coração. Neste nível, tudo fica mais fácil e compreensível. Com este objetivo o espaço Viva Saúde Integral promove curso que tem por finalidade a compreensão das diferenças existentes entre um homem e uma mulher para, a partir daí, se trabalhar as dificuldades que não são somente físicas, mas emocionais e mentais. O curso será ministrado pelo canadense, Monsieur Güy Lussier (foto), numa chácara em Inhumas, entre 30/04 e 03/05. Informações: alianza.soraya@gmail.com - (62) 8590-8685. 


Católicos e evangélicos sob o mesmo teto
Uma  história inimaginavel. Na mesma igreja, no mesmo templo, católicos e evangélicos dividem o mesmo espaço.Depois da missa dos católicos é hora de varrer o chão, limpar o  altar, guardar as hóstias, as flores, as toalhas bordadas e, com todo cuidado, as imagens dos santos. Sim, guardar as imagens sagradas. Esse é, talvez, o momento mais esperado depois da celebração. Pelo menos dez pessoas participam da operação desmonta igreja. Depois é hora do culto. Hora dos evangélicos entrarem na Capela Sagrado Coração de Jesus e Maria para louvar o nome  do pai e do filho. Há três anos, desde o dia 20 de maio de 2001, a cena se repete. Quem ouve a história simplesmente não acredita.


Sem templo
O fato acontece na Vila Naval Almirante Visconde de Inhauma, um lugar próximo a Valparaíso (GO), onde vivem cerca de 400 famílias. Ali, a igreja católica abrigou os evangélicos sem templo. As imagens dos santos Sagrado Coração de Jesus, Imaculado Coração de Maria, Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora do Rosário, colocadas no altar, são retiras com cuidado e guardadas no Salão da Sacristia. No mesmo lugar estão guardados os instrumentos musicais dos evangélicos que são levados para a igreja onde o altar é fechado por um pano branco. A partir dessa mudança começa, ao som de guitarras, teclados e bateria, o cântico de musicas evangélicas. Trato feito, acordo cumprido. Encerrado o culto, as imagens voltam para o altar  e o templo é novamente preparado para nova missa e assim vai acontecendo durante todo o domingo e também durante toda a semana.
De acordo com os católicos no começo a convivência não era tão pacífica mas, com o tempo e com o respeito mútuo, veio a tolerância e a convivência pacífica e harmônica. Somente em Goiás, um estado voltado para as religiões, com  cidades que fazem grandes manifestações católicas, Trindade, Abadia de Goiás e Muquem, com grandes romarias católicas, que tem  quatro cidades com predominância espírita (Abadiânia, Palmelo, Cidade Eclética e Deuslândia) e centenas de cidades com igrejas evangelicas, poderia surpreender mais uma vez com um povoado onde a convivência entre católicos e evangélicos é possível.No povoado  de Vila Alfa Almirante de Inhauma, católicos e evangélicos só se dividem na quantidade de fiéis mas, mesmo assim, estão empatados: metade são evangélicos e a outra metade católicos. (José Eugênio Menezes - Fonte: www.portalanjo.com/templo.htm)


CDL Anápolis tem nova diretoria
Tomou posse, neste mês de janeiro, a nova Diretoria Executiva da Câmara de Dirigentes Lojistas de Anápolis para a gestão 2015/2018, com Wilmar Jardim de Carvalho encabeçando a chapa única formada por consenso. O empresário presidiu a entidade entre (1985 – 1987 / 2005 – 2010), acumulando uma extensa bagagem de experiências que vem, uma vez mais, enriquecer sua trajetória na condução do novo mandato. Projetos de grandes conquistas para o lojista anapolino já estão na pauta da diretoria eleita.


ACIA comemora 79º aniversário
Comandada, inicialmente, pelo empresário Anastacios Apostolos Dagios, primeiro vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis, a Reunião Ordinária de Diretoria, realizada em 11/02, se transformou em festiva. O motivo foi a celebração dos 79 anos de atividades ininterruptas da entidade que é pioneira em Goiás e uma das primeiras do setor a surgirem em todo o Brasil.
Diversas autoridades municipais prestigiaram o acontecimento que contou, ainda, com a presença de ex-presidentes, diretores e outras lideranças ligadas à história da ACIA. Destaque para João Gomes Pinto, o Prefeito de Anápolis; Juiz Diretor do Fórum Municipal, Carlos Limongi Sterse; Juiz do Juizado Especial, Gleuton Brito; Presidente da FIEG Regional e ex-presidente da ACIA, Wilson de Oliveira; Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Air Ganzarolli; dirigentes de sindicatos patronais; dirigentes de sindicatos laborais; associados, lideranças comunitárias em geral do município e região e outros convidados.

Ver mais de Edição Janeiro/Fevereiro 2015 Nº 130 - Brasil, o país dos raios em 2015

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000