Corpo: A importância do exercício físico na qualidade de vida do idoso
Matéria publicada em 10/07/2013, às 15:55:00

Ver mais de Edição Junho de 2013 N° 111 - Brasileiros vão às ruas e obrigam governo a acelerar mudanças

Ver outras Edições

O envelhecimento tem se tornado um assunto cada vez importante a ser discutido por toda a população e, em especial, entre profissionais de saúde. A importância de se prevenir, cuidar, reabilitar e compreender o processo que envolve nosso corpo e nossa mente no decorrer de nossas vidas torna-se maior a cada nova etapa. Com o aumento da longevidade, o número de pessoas idosas vem crescendo consideravelmente, sendo o processo do envelhecimento da população humana um fenômeno mundial. Estima-se que no ano de 2030, o número de idosos poderá chegar a setenta milhões nos países desenvolvidos. No nosso Brasil as projeções para o ano de 2025 indicam que a população total aumentará quinze vezes mais o número de indivíduos acima de 65 anos de idade. Segundo dados do Ministério da Saúde, a população idosa brasileira, em 1996, era de 7,8 milhões e, entre 1950 e 2020, esta estatística crescerá 16 vezes mais o número de pessoas acima de 70 anos de idade no país.

Acredito, que existem fatores físicos, mentais e espirituais que interferem na qualidade de vida das pessoas. Isso inclui a inatividade física, alimentação, estresse, estilo de vida sedentário e nutrição pobre em nutrientes, todos eles diretamente relacionados a fatores de riscos para o desenvolvimento ou agravamento de certas doenças crônicas, tais como doenças coronarianas ou outras alterações cardiovasculares, metabólicas, reumatológicas e ortopédicas. A prática de atividade física está associada a ausência ou a poucos fatores relacionados a sintomas de depressão e ansiedade que também interferem diretamente na qualidade de vida dos seres humanos, tornando-nos seres mais "frágeis".

O estudo da fragilidade tem ganhado, nos últimos anos, uma crescente e importante atenção por parte dos especialistas em envelhecimento. A fragilidade não possui uma definição consensual. Ela pode ser definida como uma perda da massa muscular esquelética que ocorre devido ao envelhecimento, tendo como consequência a redução da força física e a incapacidade para executar as atividades da vida diária (tomar banho, vestir-se, uso do sanitário, transferir-se, falta de equilíbrio, alimentar-se e perda do controle dos esfíncteres).  A fragilidade do idoso está associada a inúmeras repercussões negativas na saúde dessa população. Uma das características mais frequentemente associada à fragilidade é a inatividade física.
Estudos demonstram a importância da realização de exercícios físicos no tratamento da fragilidade, provando que a adoção e a manutenção de um comportamento fisicamente ativo é um importante instrumento terapêutico a ser utilizado contra essa doença que acomete o indivíduo idoso. Entre os benefícios proporcionados pela prática de atividade física, podemos citar: melhora do nível funcional, melhora para ajudar a executar algumas atividades da vida diária, diminuição do risco de quedas, fortalecimento e manutenção da musculatura, dando um melhor equilíbrio, melhora da função cognitiva e socialização.

Exercícios de resistência são bem tolerados pelos idosos e previnem quedas e perda da mobilidade. O tempo e o equipamento necessário para um programa de exercícios de resistência são modestos, com sessões de 30 minutos 2 vezes na semana, usando equipamentos com profissionais habilitados supervisionando, pesos e fitas elásticas.
A Hidroterapia é um outro recurso utilizado por nós fisioterapeutas para tratar doenças reumáticas, ortopédicas e neurológicas, ajudando na manutenção de toda a musculatura, melhorando o equilíbrio de forma significante e evitando quedas e compensações posturais. Portanto, a realização dos exercícios físicos tem um importante papel no seu tratamento, auxiliando tanto no alívio dos sintomas quanto na promoção da independência e qualidade de vida. Sempre, na realização de alguma atividade física, indico ter a supervisão de um profissional habilitado e/ou de uma equipe multiprofissional qualificada no cuidado com a pessoa idosa. Tenha mais saúde e escolha viver melhor todos os dias!

Drª. Aline J. A. Andrade
Fisioterapeuta Responsável
Natural Way-Fisioterapia
Koch Tavares Morumbi
+55.11.980951325
ft.alineandrade@icloud.com

Ver mais de Edição Junho de 2013 N° 111 - Brasileiros vão às ruas e obrigam governo a acelerar mudanças

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000