Na ponta dos dedos: Odilon Alves
Matéria publicada em 10/07/2013, às 14:15:05

Ver mais de Edição Junho de 2013 N° 111 - Brasileiros vão às ruas e obrigam governo a acelerar mudanças

Ver outras Edições

As manifestações sincronizadas dos protestos contra o aumento dos preços das tarifas do transporte coletivo urbano na maioria das capitais, um pretexto para externar o descontentamento com os rumos tomados pelo Brasil nos últimos anos, demonstraram uma mudança significativa - e emblemática - na forma de se mobilizar do povo brasileiro.

A exemplo do que vem ocorrendo em outras partes do mundo, notadamente no Oriente Médio, a tecnologia contribuiu para reunir milhares de manifestantes em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Maceió, Natal, Goiânia e outras capitais e cidades de médio e grande portes, “linkados” através das redes sociais.

Mais que um protesto contra os 20 ou 30 centavos de reajuste dos preços das passagens, a massa, mesmo mesclada por manifestantes, vândalos, baderneiros e gangues, externava o descontentamento de boa parcela da população com os rumos que vem tomando a economia brasileira cujo reflexo atinge as vidas de todos nós.

A alta do dólar e a perca do controle da inflação, somadas à impunidade que incentiva a prática de crimes como corrupção, latrocínio, estupro e sequestro, demonstram uma realidade que havia se tornado quase que “tolerável” por ser permanente e inalterada... Até então.
Apesar dos protestos, das constatações de uma omissão conveniente das autoridades e da indignação daqueles que ainda são capazes de se indignar, o quadro não muda: corruptos e assassinos andam de cabeça erguida pelas ruas numa atitude desafiadora às leis e à moralidade.

Resta-nos, se quisermos deixar um legado positivo para as novas gerações, a indignação, o protesto, a mobilização agora facilitada pela tecnologia que transforma as redes sociais numa grande e envolvente teia que traduz, em tempo real, a minha, a dele, a nossa opinião, a nossa vontade, a nossa posição diante de tantas falcatruas, de tanta bandalheira. O povo nas ruas indica o caminho da mudança e revela que o Brasil não mais será o mesmo. Ontem, o discurso pela mobilização e pelo protesto estava na ponta da língua; hoje, está na ponta dos dedos. Tecle à vontade. O Brasil acordou!

Ver mais de Edição Junho de 2013 N° 111 - Brasileiros vão às ruas e obrigam governo a acelerar mudanças

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000