Futebol: Festa tricolor
Matéria publicada em 18/10/2012, às 13:16:46

Ver mais de Edição Agosto de 2012 nº 102 - Saneago Anápolis: Investimentos garantem abastecimento até 2035

Ver outras Edições

O Anápolis Futebol Clube conquistou pela segunda vez o título de campeão da divisão de acesso ao Campeonato Goiano de Futebol ao bater o Grêmio Esportivo Anápolis, por 1 a 0, no dia 02/09, no Estádio Municipal Jonas Duarte. O Galo da Comarca já tinha alcançado o feito em 1990. O gol da vitória foi marcado por Renato Xavier, aos 24 minutos da primeira etapa. As duas equipes haviam empatado sem gols na primeira partida da final.
O Grêmio Anápolis e o Anápolis, que protagonizaram a decisão, vão disputar a primeira divisão do Goianão no próximo ano. Com isso, a cidade de Anápolis, que havia perdido representação na competição com a queda da Anapolina, terá dois representantes em 2013.

História
O Anápolis Futebol Clube foi fundado no dia 1º/05/1946, por um grupo de carroceiros, com o nome de Operário Futebol Clube. A idéia era criar um time do “povão”, para competir com outro já existente, a Anapolina, que era considerado o time da “elite”. O time foi crescendo ano após ano e, em 1947, conquistou o seu primeiro título estadual, quebrando um tabu. Pela primeira vez um time do interior ganhava o campeonato que não é reconhecido pela federação goiana de futebol. Em 1951, mudou de nome e passou a ser o Anápolis Futebol Clube que conquistou o campeonato regional de 1954.

Na década de 1960, o Anápolis ja era bastante conhecido e tinha vários apelidos, entre os quais Galo da Comarca, Tricolor da Manchester e Time dos Carroceiros. Grandes desportistas comandaram o clube, como João Bezze, Munir Calixto, Altino Teixeira de Moraes, Amim Gebrim, Osvaldo Cunha Soares, Ronaldo Jaime, Sebastião Richelieu da Costa e Fadel Skaff. Em 1961, conquistou o vice-campeonato do primeiro torneio octogonal e finalizou nessa data sua fase de amadorismo.
Em 1965, sagrou-se campeão estadual pela segunda vez, vencendo o Vila Nova por 3 a 2 em uma virada histórica, no Estádio Jonas Duarte. Nesse dia, recebendo público recorde, a torcida foi ao delírio quando o time entrou em campo com Dida, Sorriso, Nina, Osmar, Paraguaio e Áli; Genésio e Eudécio; Zezito, Nelson Parrila e Deca. No banco ficaram o goleiro Morais, Baiano, Wilson e outros craques. O técnico era Agnaldo Felisberto, o Caxambu. No ano seguinte disputou a Taça Brasil, sendo o primeiro clube do interior de Goiás a participar da competição.

Ver mais de Edição Agosto de 2012 nº 102 - Saneago Anápolis: Investimentos garantem abastecimento até 2035

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000