Hidrosauna: A incontestável liderança da piscina de vinil
Matéria publicada em 04/06/2010, às 21:52:39

Ver mais de Edição Abril 2010 - Na juventude a esperança de salvação do planeta

Ver outras Edições

A Hidrosauna - Comércio e Instalação de Piscinas, uma das mais sólidas e conceituadas empresas do ramo de piscinas do Estado de Goiás, trabalha com piscinas de vinil fabricadas pela Viniltec e também com piscinas de fibra.

O empresário João Batista Ribeiro, diretor-presidente das duas empresas, falou sobre a liderança no mercado e o crescimento das vendas de piscinas de vinil.

Piscina de vinil Hidrosauna
Na fábrica, outra vantagem: o vinil é processado sem ruídos e sem poluição.

O vinil
"O vinil, para uso em piscinas, chegou ao Brasil por volta do ano de 1987. Vinil é um nome popular do laminado de PVC flexível, ou seja, é um filme de PVC com espessura 0,6 ou 0,8 mm usado para revestimento de reservatórios de água e, no caso da piscina, ele é decorativo e totalmente impermeável.
O PVC é um derivado de petróleo, o Poli Cloreto de Vinila. Hoje a piscina mais vendida no Brasil é a piscina de vinil, sucedendo as piscinas de fibra e de cimento revestida com azulejo", observou o empresário João Batista Ribeiro.

Vantagens
João Batista explica: "As piscinas de fibra são fabricadas em formas e isso limita a criatividade em termos de seu formato. No caso do vinil, qualquer formato de piscina pode ser executado.
Com a chamada customização do mercado cada cliente é especial e cada um quer obter seu produto personalizado. Por isso, construimos a piscina de acordo com a necessidade e o gosto de cada um. Uma dupla sertaneja famosa pediu e fizemos uma piscina no formato de uma guitarra.

Um pianista solicitou e fizemos uma piscina para ele imitando as teclas do piano. Porém, a maior vantagem é que o vinil é totalmente reciclável. Em nossa fábrica não se houve qualquer ruído, não tem fumaça, não tem poluição do meio ambiente.
Já na fabricação de uma piscina de fibra é totalmente ao contrário e ninguém suporta  o cheiro exalado do processo de fundição de lã de vidro e resina, além do que, no final de sua vida útil a piscina de fibra se torna uma tremenda dor de cabeça na hora do descarte.  O vinil possibilita reparos em caso de furos eventuais, mesmo debaixo d'água, a fibra não".

Líder de mercado
A Hidrosauna já comercializou mais de três mil piscinas no Estado de Goiás e no Distrito Federal e Anápolis é um dos maiores mercados consumidores, seguida de Pirenópolis e Brasília. "Com certeza é muito gratificante trabalhar nessa área e nós dizemos que a Hidrosauna não vende só piscinas, mas também alegria, conforto, saúde e bem estar para o cliente que deve procurar uma empresa sólida, com maior tempo no mercado e uma boa estrutura de atendimento para não ter dissabores.
A piscina, além de tudo isso, pode também solucionar problemas de falta de água como ocorreu em Peruíbe, litoral de São Paulo, uma cidade com cerca de 80 mil habitantes que recebe, na alta temporada, por volta de 500 mil visitantes. Um amigo nosso queria construir um reservatório de água para suprir a demanda crescente em sua casa.

Disse a ele: o reservatório de água está bem aqui, em sua piscina. Elaboramos um projetinho, ele comprou uma bomba submersa, os tubos e pronto. A água da piscina abastecia a caixa e ele só teve de comprar água para consumo humano", exemplificou João Batista Ribeiro.

Hidrosauna

Ver mais de Edição Abril 2010 - Na juventude a esperança de salvação do planeta

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000