Dilúvio no paraíso: Condomínios, hotéis e restaurantes são engolidos pelas águas de Serra da Mesa que continuam subindo
Matéria publicada em 04/06/2010, às 17:24:38

Ver mais de Edição Abril 2010 - Na juventude a esperança de salvação do planeta

Ver outras Edições

Casas, ranchos e pousadas recém construídas continuam desaparecendo no lago da usina Serra da Mesa em Goiás, na bacia do Alto Tocantins. O reservatório é um dos maiores do país e estratégico para o abastecimento de energia.
É também um polo turístico que atrai principalmente pescadores em busca de descanso e de muito peixe. Alguns moradores investiram muito dinheiro nessa área, mas o sonho de morar no paraíso foi literalmente por água abaixo.

Enchentes em Serra da Mesa
As imagens acima ilustram muito bem o problema vivido em Serra da Mesa.

Para construir uma casa, por exemplo, um dos proprietários de lotes na área gastou R$ 220 mil. Ele se mudou para lá em abril do ano passado e, menos de nove meses depois, teve que sair. A água já passou da metade da altura da casa e, até o fim do ano que vem, deverá cobrir o telhado. Isso porque o nível da represa subiu. A usina Serra da Mesa foi inaugurada em 1998. Pouco antes, todos os que tinham imóveis na área que seria inundada, foram indenizados.

Mas, como nos últimos anos a água ficou onde estava, muitos insistiram e voltaram a construir. Compraram terrenos, fizeram ranchos, casas, mansões e pousadas. "Eu não acreditava que poderia acontecer, mas o que eu posso fazer? Eu acho que ainda esse ano não pega a minha casa não”, disse o comerciante Ednor Carrijo.

A notícia para Ednor não é boa. Segundo Furnas Centrais Elétricas, o reservatório vai continuar enchendo, o que pode variar é a velocidade.

Serra da mesa atrai turistas de todo o Brasil
Marcelo Chaibub, Saulo de Melo e Francisco Chaibub desfrutam com maestria das belezas de Serra da Mesa

Natureza
A água subiu tanto nos últimos dois meses, que algumas casas ficaram só com o telhado do lado de fora. Para chegar à meta prevista, que pode ser atingida ou não, de acordo com a necessidade do sistema, o nível ainda pode subir mais dez metros.
Com todos esses prejuízos Serra da Mesa continua sendo um lugar paradisíaco desfrutado com muito prazer por amantes da natureza de todo o mundo, que buscam nas águas do grandioso lago, não só o prazer e a aventura, mas também um alimento saudável e rico em proteínas.

Ver mais de Edição Abril 2010 - Na juventude a esperança de salvação do planeta

Ver outras Edições

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.

A Revista Planeta Água é uma publicação mensal da Versátil Consultoria em Direito e Comunicação Social

Rua Benjamin Constant, 2018 - Centro / Anápolis-GO

Telefones: (62) 3311-3489 / 3706-8000